Seguidores

quinta-feira, 4 de abril de 2013

CRISTÃO MORRE POR NÃO NEGAR A FÉ AO RECEBER TRATAMENTO MÉDICO.

Após ser preso por orar e ler a Bíblia um jovem rapaz de 30 anos de idade, Cristão na Eritrea, ao ser diagnosticado com uma enfermidade grave, recebeu a proposta de que para ter tratamento médico e salvar sua vida teria que assinar um documento renunciado a sua fé em Jesus. - Confira, glorifique a Deus por este tal e comente…
Belay Gebrezgi Tekabo, morreu depois de ser negado tratamento médico em um hospital da cidade Dekemshare na Eritrea,simplesmente porque ele era um cristão.
Ele com apenas 30 anos foi preso por orar e ler a Bíblia, mas quando ele foi diagnosticado com uma enfermidade grave, disseram a ele que para receber tratamento médico, teria que assinar uma declaração confirmando o abandono da sua fé em Jesus.
Tekabo, é apenas um dos mais de 45 cristãos que permanecem em circunstâncias terríveis na Eritrea por causa de sua fé em Jesus. De acordo com a Portas Abertas organização cristã, há uma campanha financiada pelo governo local para prender todos os cristãos.
Desde 2002, o governo decretou que os grupos religiosos devem se registrar para ser autorizado a trabalhar no país, mas nenhum dos pedidos de registro foi aceitos pelo governo, esta recusa faz com que seja legitimo prender cristãos.
Estima-se que mais de 2.800 pessoas são presas apenas por serem cristãos. No mês passado, cerca de 17 pessoas foram presas na cidade de Keren, sem poder receber visitas.
A partir de maio de 2002, o governo da Eritrea reconheceu oficialmente apenas a Igreja copta da Eritrea, a religião do Islamismo Sunita, a Igreja Católica e apenas Igreja Evangélica Luterana. Todas as outras religiões e denominações são obrigadas a passar por um processo de registro.
O sistema de registro de governo exige que os grupos religiosos têm de apresentar informações pessoais sobre seus membros para que seja autorizados a cultuar. As poucas denominações organizadas que cumpriram com todos os requisitos de registro ainda não recebeu o reconhecimento oficial.
NOTA: Estejamos orando pelos parentes do Tekabo e por todos quantos estão sofrendo perseguição na Eritrea.-Amém…
Fonte: Verdadegospel

Nenhum comentário:

Postar um comentário