Seguidores

terça-feira, 14 de junho de 2016

Assembleia de Deus Alagoas apresenta primeira missionária.


A irmã Joseane Ferreira dos Santos será a primeira mulher enviada titularmente à obra de missão pelo estado de Alagoas

O pastor José Orisvaldo Nunes de Lima, presidente da Convenção de Ministros da Assembleia de Deus em Alagoas (Comadal), apresentou, na última reunião do ministério, uma decisão histórica para a Assembleia de Deus em Alagoas. A irmã Joseane Ferreira dos Santos foi indicada na reunião como a primeira missionária alagoana a fazer parte titularmente da obra de missão desenvolvida pelo estado.
A escolha foi aprovada por unanimidade pelo ministério e a irmã Josinha, como é carinhosamente conhecida, está nos últimos preparativos para sua viagem a Moçambique, país localizado no sudeste do Continente Africano.
A irmã Josinha é arquiteta e vem desenvolvendo importantes projetos para nossa igreja, inclusive é autora do projeto da futura sede da Assembleia de Deus em Alagoas. Contudo, a chamada missionária ardia forte em seu coração e se tornou prioridade em sua vida. Conheça um pouco da história da missionária Josinha:

"A Primeira vez em que ouvi que seria missionária foi aos 14 anos quando fazia um trabalho de distribuição de sopas para os necessitados com os jovens da minha igreja UMADF. Enquanto estávamos preparando a sopa um pastor me abordou e profetizou dizendo “Deus está me dizendo que você vai ser missionária, mais antes disso ele vai mudar teu dia a dia”. Os anos se passaram cresci em graça e conhecimento, tendo minhas experiências com Deus. Secularmente me formei em arquitetura e urbanismo (em 2002) e fiquei conhecida no meio da Assembleia de Deus em Alagoas, por fazer o projeto do Templo Sede do Estado. Fiz Pós-Graduação em engenharia de segurança, e, em paralelo a isso, Deus continuava a falar comigo, através de seus profetas, sempre deixando a promessa viva.
Minha chamada tornou-se mais forte em 2006, quando comecei a ter vários sonhos. Depois continuaram as profecias. Eu era abordada em lugares inusitados, onde Deus usava seus profetas dizendo que eu seria missionária, mas confesso que não achava que era a hora, pois eu estava com meu escritório montado e prosperando financeiramente. Depois de um longo processo de enfermidade, processo em que Deus me ensinou o quanto eu precisava obedecê-lo, decidi fazer o curso de missões, em 2007.  Na EMAD (Escola de Missões das Assembleias de Deus), em São Paulo, passei por um longo processo de tratamento da parte de Deus. Por fim, rendi-me ao centro da sua vontade e disse: “Eis me aqui”, entregando todas as minhas reservas.
Retornei a Maceió, comecei a estudar Teologia e a trabalhar no departamento de missões do Farol (AGIR - Igreja Sede). Realizamos três conferências missionárias, cursos de missões e criamos os projetos “Jesus o Pão da Vida” e “Dia da Graça de Deus”, ambos evangelísticos na capital e no interior do estado. Enquanto isso, como treinamento transcultural, Deus me permitiu andar por alguns países como: Argentina, Paraguai, Peru, Bolívia e Moçambique.
Quando eu achava que não iria mais trabalhar com arquitetura, voltei a fazer alguns trabalhos na área. Empresários me procuraram e comecei a trabalhar novamente, fazendo projetos comerciais, residenciais, templos religiosos de várias denominações e, principalmente, das Assembleias de Deus. Com tantos projetos realizados no ano de 2011, cheguei a ganhar um reconhecimento entre os arquitetos, estando entre os 40 grandes nomes da arquitetura e designers de interiores de Alagoas.
Nove anos depois do curso de missões, quando todo mundo achava que era impossível, Deus mudou a história e, agora, serei a primeira missionária jovem solteira da Assembleia de Deus em Alagoas, a ser enviada ao campo com aprovação do corpo ministerial. Sinto-me com uma responsabilidade muito grande e estou certa de que o Deus que está me enviando irá comigo e todo o campo da Assembleia de Deus em Alagoas. Tenho a plena convicção do meu chamado e do meu profundo amor pelas almas. São esses os motivos que me fazem não olhar para trás, pois não será fácil estar distante da família, amigos e irmãos em Cristo. Agradeço a Deus e a todos os pastores que, desde o início, acreditaram em meu chamado. Ao pastor-presidente José Orisvaldo Nunes de Lima, que, dirigido pelo Senhor, decidiu levar à frente meu envio ao campo missionário. Deus abençoe a todos".


Fonte: AD ALAGOAS

Nenhum comentário:

Postar um comentário