Seguidores

domingo, 27 de abril de 2014

Os 12 livros Históricos do Antigo Testamento

Os 12 livros históricos Narram à ascensão e a queda da Teocracia (governo baseado no poder e autoridade de Deus); os cativeiros de Israel e Judá; o retorno à terra prometida; a restauração do Templo e da cidade de Jerusalém.

6 (1) – Josué – seu nome era “Oséias” (Salvação), mas Moisés o chamou de “Josué” (o Senhor salva), “Jesus” é a forma grega deste nome. Ele é o autor do livro, que parte do ponto onde Moisés parou, é a continuação da história do povo escolhido. Josué não teve sucessor, após sua morte cada tribo agiu independentemente. Apresenta Jesus como Capitão da Nossa Salvação.

7 (2) – Juízes – o livro apresenta os lideres militares conhecidos como juízes, os quais Deus levantou para livrar Israel da mão do inimigo. Sua autoria não é explicita, mas tradicionalmente atribui-se este livro a Samuel.
Os principais juízes foram: Débora, Gideão, Sansão e Samuel. O livro começa com concessão e termina em confusão. Apresenta Jesus como Nosso Juiz Libertador.




8 (3) – Rute – o autor não é identificado no texto, mas a tradição judaica sugere que o livro foi escrito por Samuel por causa da semelhança de linguagem com os Livros de Rute, Juízes e Samuel. Ezequias e Davi também são sugeridos como autores. Ela foi bisavó de Davi. Apresenta Jesus como Nosso Resgatador.

9 (4) – I Samuel – em hebraico o I e II Samuel (pedido a Deus) formavam um só livro, o autor é Samuel e após sua morte tem registros de Natã e Gade. Registra a historia de Israel do final da era de juízes até a morte de Saul, o primeiro rei de Israel, um período de aproximadamente 110 anos. Apresenta Jesus como Nosso Rei.

10 (5) - II Samuel – o autor é Samuel e complementação de Natã e Gade. O 1º livro registra o fracasso de Saul, o rei pedido por homens, o 2º descreve a entronização de Davi, o rei escolhido por Deus, bem como o estabelecimento da Casa de Davi, através da qual, o Messias viria mais tarde. Apresenta Jesus como Nosso Rei.

11 (6) - I Reis - e - 12 (7) – II Reis – seu autor provável é Jeremias e foi escrito quando o primeiro templo ainda estava de pé (I Reis 8:8). É a continuação dos livros de Samuel, registram os acontecimentos do reinado de Salomão e dos reis de Judá e Israel que o sucederam. Apresenta Jesus como Rei.

13 (8) – I Crônicas – ficamos sabendo da história do povo judeu, do qual o Senhor veio ao mundo. Deus escolheu esse povo para o cumprimento das suas promessas e seus propósitos. Apresenta Jesus como Rei.

14 (9) – II Crônicas – é um livro de grandes avivamentos sob: Asa (Cap. 15); Josafá (20); Joás (23 e 24); Ezequias (29 e 31) e Josias (35).  Apresenta Jesus como Rei.

15 (10) – Esdras – e – 16  (11) – Neemias - narram o regresso do povo escolhido, após o exílio. Registram um dos acontecimentos mais importantes da história judaica, a volta do exílio da Babilônia. Eles abrangem um período de 100 anos começando na Babilônia e terminando em Jerusalém. Apresenta Jesus como Nosso Libertador.

17 (12) – Ester – o livro não contem o nome de Deus, pois tinha que passar pelas mãos do censor persa, o nome não está, mas cada pagina esta cheia de Deus que se esconde por trás de cada palavra, podiam eliminar o nome, mas jamais eliminar a Deus. Apresenta Jesus como Nosso Advogado.


Adaptado 
Fonte: http://pastoramariza.blogspot.com.br

Fonte de pesquisa e bibliologia
Estudo Panorâmico da Bíblia – Henrietta C. Mears – 2003
A Bíblia da Mulher – 2003
Sociedades Bíblicas Unidas

Nenhum comentário:

Postar um comentário